IPCtba
   

Mediante a fé

"Pela graça sois salvos, mediante a fé; isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie" (Efésios 2.8-9) 

A graça é favor imerecido de Deus, a qual recebemos sem haver mérito em nós; pura bondade e amor divinos. A obra da redenção é presente incomparável do Senhor, Cristo a realizou sem qualquer contrapartida de nossa parte; imaginar que o Senhor viu algo bom e favorável em nós, que demandasse de sua parte uma obrigação em nos redimir dos pecados, e a graça deixaria de ser graça, para ser um pagamento por serviço prestado, tornando-se um dever divino; de maneira alguma, a graça é presente, é dom de Deus. 

Para assegurar os benefícios da graça, o Senhor nos oferece mais uma dádiva, mais um presente, mais um dom: a fé. A salvação é pela graça, por meio da fé, fé que é dom de Deus, fé que é provisão do Senhor em nós. 

Alguns ensinamentos são muito preciosos a partir desta verdade. O primeiro deles é que a fé não tem origem em nós, não começa conosco, não parte de nós; pelo menos, no que tange à fé salvadora, anunciada nas Escrituras. Sim, porque pode haver fé que seja própria do homem, fruto de seu coração, resultado de suas especulações, mas esta não é a fé redentora dos pecados. 

É importante ressaltar esta possibilidade, porque chega a ser quase impossível encontrar alguém que não disponha de fé; até o ateu mais convicto se acha dotado de fé, afinal, ele crê que Deus não existe; convenhamos, haja fé para acreditar na não-existência de Deus. 

Pessoas sinceras afirmam ter fé, no entanto, sua fé não se dirige à obra salvadora de Cristo; muitos declaram ter fé que as coisas vão melhorar, ter fé no próprio potencial; tais pessoas colocam sua fé na instituição religiosa, ou estatal, ou empresarial; enfim, são expressões de fé dirigidas a muitos objetos, mas não ao Senhor e Salvador Jesus Cristo. 

Há mesmo quem tenha fé na fé; quando indagado a respeito de para onde sua fé se direciona, simplesmente não sabe responder; é fé que se esgota em si mesma, sem dirigir-se a um objeto específico. 

A fé salvadora tem endereço, tem alvo, tem objeto para o qual se dirige, ela está posta no Senhor e na sua Obra de Redenção, ela está focada no grande amor de Deus. 

Antes de tudo, é preciso verificar de onde ela vem, de onde ela parte, onde ela começa. Ela não tem origem em nós, provém de Deus, parte do coração do Altíssimo, vem como uma dádiva, capaz de nos habilitar a recepcionar a graça. 

Outra lição diz respeito à segurança de nossas almas. Tivesse o Senhor ofertado a graça, mas não o meio de acolhê-la, não seríamos capazes de desfrutar as bênçãos do seu amor. A certeza da salvação não está atrelada, nem às nossas obras, nem ao nosso esforço mental. Esta confiança advém do fato de Deus operar em nós o querer e o realizar (Filipenses 2.13). 

A última lição que queremos aduzir é que a fé, como meio de receber a graça, é canal de bençãos. A fonte da graça é o Senhor, manancial inesgotável, mas é necessário que o canal esteja desobstruído, absolutamente desimpedido. 

Precisamos atentar para os fatores de obstrução, que sujam, criam crostas, desenvolvem barreiras, impedindo o fluxo da graça. Nossos pecados fazem separação entre nós e o nosso Deus (Isaías 59.2). A incredulidade, como pecado imperdoável, obstrui irremediavelmente este canal. Mas o lavar regenerador e renovador do Espírito (Tito 3.5) promove um completo desentupimento para que a graça flua plenamente em nossos corações. 

Para refletir: 1. Graça e fé são dons de Deus, o que distingue um de outro? 2. Quais são os canais concorrentes da fé? 3. O que tem produzido obstrução em nossa fé, impedindo o fluir perene da graça? 

 

Para refletir: 1. Nossa fé é tão grande que podemos dispensar a ajuda do Senhor? 2. Nossa fé é tão pequena que não pode alcançar o Senhor? 

Rev. Juarez Marcondes Filho


Localização

R. Comendador Araújo, 343
80420-000 - Curitiba-PR

Contato

  +55 (41) 3224-0302
Gabinete Pastoral: das 9h às 17h
Secretaria da igreja: das 7h às 19h

Domingos

Culto às 9h no Templo
Escola Dominical às 10h
Culto às 11h no Espaço de Adoração
Culto às 19h no Espaço de Adoração

Acesse também

Oxigênio Evangelismo e Arte
Rábio IPB Rádio IPB
De coração a coração De Coração a Coração
ACP Associação Comunitária
Presbiteriana

Revista Identidade Cristã

Revista Identidade Cristã